terça-feira, 23 de dezembro de 2008

espirito natalício, ou a falta dele

Velho gordo, este ano a minha árvore não pisca, os meus arranjos estão por fazer, os presentes foram reduzidos. Este ano, bem que podias existir e levar o Natal pra longe. Para todos os que o querem, que não é claramente o meu caso.
Estou cansada sabes? Quero dormir. Quero que não me fodam os cornos. Quero paz. Quero ficar quieta. NÃO quero Natal. Será pedir-te muito?
Mas pronto eu sou uma pessoa razoável, sei como as coisas funcionam. Fazemos uma barganha, eu vou para casa dos meus pais. Eu como o perú. Eu empanturro-me em mais e mais comida ao longo do serão para me esquecer que queria mesmo era uma merda de um cigarro. Eu fico à lareira. Eu espero a meia noite. Eu de vez em quando até vou fazendo as minhas piadolas. Eu prometo que vou gostar das prendas, ou pelo menos, prometo que finjo. Eu prometo que desejo as boas festas, desejo mesmo, que sejam felizes e que me deixem em paz. Mas porra, faz-me lá o jeito de a coisa passar rapidinho.
Tu sabes que eu não te peço nada, deixa ver, assim desde... sempre!!! Que eu nunca tive o hábito de falar com gente que não existe. Para tu veres o grau do meu desespero este ano!

8 comentários:

Patrícia disse...

Olá Martinha,

Que bom ver-te por aqui...

Falta de espírito natalício? Parece que aumenta com o passar dos anos, né?

Desejo-te um dia/noite feliz! Que possas estar bem, fazer o que te der na gana :)

Beijinhos grandes

Cátia disse...

Sei bem que que não queres o Natal, eu tambem o dispensava bem... todos os anos. Sei que nao ha pachorra para aquela falsa alegria mas... Imagina que o Natal até te traz 4 sabados seguidos, não é? olha que belo presente!! :D

Quanto ao resto... é mesmo esperar para passar, e fingir um pouco mesmo.. Quanto ao cigarro (ou cigarrilha) sempre podes fugir para o sotao :P

Beijinho primota

cdesag disse...

Gostava de com um beijo fazer passar tudo... mas mesmo como monstro das bolachas tinha de ter uma boca muita grande (mesmo muito grande)... a minha boca é pequenina... deixo-te um beijinho

Cris (Mahinder Kaur) disse...

Marta,
olha, escreveste aqui!
Não te preocupes que passa depressa! Daqui a nada já está!
Agora uma boca para o cdsag para animar isto: olha lá, começaste por dizer que davas um beijo e acabas com um beijinho? Dá mas é um beijo como deve ser! Tenho que te mostrar??? :P

cdesag disse...

Cris,
Era só para seguir o ritmo dos comentários anteriores e pela "boca pequenina"... mas eu dou-lhe muitos... quando ela deixa ;)
Beijo

(gosto de me considerar humilde o suficiente para sempre querer aprender)

Cris (Mahinder Kaur) disse...

cdesag,
eu dou workshops! eheheheheh
Agora fora tangas, também estou sempre pronta a aprender.
Bom Natal! E anima a rapariga, que tudo passa e as coisas vão melhorar!

Ana Plim disse...

Mas já passou!
E é isso que importa. Já passou o Natal e já passou aquela coisa estranha que é a passagem do ano (fico sempre com a impressão que o muno vai acabar)... Agora temos o carnaval à porta! E eu adoro o Carnaval, porque pelo menos uma vez por ano, passam as musicas que mais gosto nos bares e discotecas... é uma alegria =D

Beijo!

MADRUGADA... disse...

Quem fala assim merece ser ouvida.