segunda-feira, 5 de março de 2007

Chuva

Ontem, a chuva, o vento, o frio, o bom senso (o dos outros), diziam que devia ficar em casa.
Eu fui ficando, retraindo o meu desejo de sair à rua e matar as saudades que tinha daquele pedaço de chão... do cheiro da terra molhada...
Fui obedecendo, e sentindo crescer em mim uma fera... enjaulada... preparada para atacar! Sabia que estava prestes a ferir alguém, para isso bastava que cruzassem o meu território, a única falha que precisavam cometer era cruzarem-se comigo.
Andei de casa em casa, comi (porque comer ajuda sempre a passar o tempo), praguejei e acabei por decidir que não era uma chuvinha que me iria dar a desculpa perfeita para ser uma besta com os outros.
Portanto equipei-me a rigor, galochas, capa plástica com capuz, no mínimo 4 números acima do meu e lá fui eu... deslumbrante...
A aragem fria que me atravessava o corpo levava a fera e a chuva lavava-me a alma.
Precisei de pouco tempo até te poder “convidar” para o passeio... depois partilhei contigo cada segundo, “caminhámos” mais de uma hora, apenas nós, a chuva, a lama, as poças de água, o verde do campo e o negro do céu... Não sei há quantos anos não o fazia, não sei há quantos anos eu não permitia a mim mesma o prazer de saltar numa poça de água, de escorregar na lama...
E foi assim, pela tua mão e pela chuva purificadora, que o bicho virou criança e quando regressei a casa ia suja e feliz...
Por uma vez fui sensata na minha insensatez!

22 comentários:

bublicious disse...

Qd somos adultos temos tendência para analisar e questionar tudo.... acabamos por não fazer o q sentimos por puro preconceito (acho mm q é esta a palavra correcta)...

Qd somos crianças, não pensamos... simplesmente fazemos.... por alguma razão se diz q as crianças são os melhores professores...

Afinal, quem não se lembra de ao ver uma poça de água na rua e saltar-lhe bem no meio ao invés de contorná-la?? E q bem q sabia :)

Boa q saíste, Boa q não sucumbiste ao racional, Boa q viveste o emocional!

bjnhs

Cátia disse...

Por vezes sinto-me assim também... que nem uma fera enjaulada... Custa ficar... se fico torno-me feroz, se vou tudo corre bem...

Que bom é termos liberdade para ir ou para ficar... Andar a chuva :) sabe bem... que nem crianças a brincar na chuva e na lama... Quando chegavamos a casa os pais quase que caiam para o lado so de olharem para o nosso estado... :D São esses momentos que tendemos a esquecer... e que as crianças de hoje muitas vezes já nao sabem que existem...

Quero! Quero deixar viver a criança que existe em mim... Obrigada por fazeres viver a tua também... julgo que só assim nos tornamos pessoas melhores...

Beijo

=^.^= Tarina =^.^= disse...

E agora precisavas do SKIP lolol

É sempre bom quando fazemos aquilo que temos vontade... nem que seja uma "criancice"!

1 beijo =^.^= tarina

Fontez disse...

cada vez mais a "afinidade" se afina.
ainda bem...
felicidade.
:)

Marta disse...

Bublicious,
Seriamos bem mais felizes sem preconceitos.
(Não contes a ninguém, mas saltar no meio de uma poça de água... ainda sabe bem, mt bem, experimenta)
Boa pra todos nós q de vez em qd fazemos uma traquinice...
bj

Cátia,
A liberdade para ir ou ficar (lembrei-me do Wolfhunter... espero que esteja tudo bem)... liberdade sempre foi das palavras que mais apreciei, acho q liberdade é fundamental!
Tenho algumas reservas em relação à forma como a maioria das crianças hj passa os seus tempos livres, a minha geração ia pra rua, brincava na chuva, na lama, brincava com outros miúdos, hj não sei se os seus passatempos são tão saudáveis...
Gostava q os miúdos pudessem ser apenas miúdos, sem receios...
bj

Tarina,
Precisava! :)
É mt bom quando fazemos uma “criancice” que nos apetece sim...
Seguir as nossas vontades nem sempre é fácil, mas compensa...
bj

Fontez,
Sim... afina!
E eu quero fazer por isso, quero fazer a “criancice” de tentar continuar a afinar...
Obrigada.
bj

Cris disse...

Fico feliz por ti, a tristeza só nos apanha, quando deixamos a criança traquinas "morrer" dentro de nós!

Gostei muito, e obrigado pela tua visita,

Beijinho
Cris

Marta disse...

Cris,
É um prazer receber-te!
Tentarei q a tristeza não me apanhe... pelo menos para já...
bj

bono_poetry disse...

hi there marta....
hoje tambem me apeteceu...
fiz vista grossa a chuva...apos o almoco...(que me saiu muito mal)
nem casaco...nem objectos protectores...
senti um pouco de frio...algo molhado...e dai so parei junto de uma escola onde algumas criancas corriam...saltavam nas tais pocas...ainda me ri um pouco...
e senti saudades de ser menino...
gritar e correr...saltar e extravasar...tudo aquilo que no entanto faco...quando estou so...e com vontade...eu volto...beijo

Fontez disse...

Fontez,
Sim... afina!
E eu quero fazer por isso, quero fazer a “criancice” de tentar continuar a afinar...
Obrigada.
bj
______

n creio q seja criancice o q existe entre ti e o R. de maneira nenhuma...e como sabes o que pressinto sobre tal, n preciso de dizer mais nada...(e ainda bem q pressinto de tal forma)

Fontez disse...

:)

Fontez disse...

bjs dear.

Pepe Luigi disse...

Maravilhosa esta tua criação e o poder de virares o sentido negativo em positvo no final do texto.
Gostei imenso!

Um beijinho
do Pepe.

Marta disse...

Bono,
Se hj n correu bem... com certeza amanhã será melhor... só pode ser... confia
Sê criança sim, é mt bom!
Volta!
bj

Fontez,
... :) deixo-te apenas um beijo!


Pepe,
Obrigada. mas desta vez não foi fantasia... andei mm à chuva, tal como vos conto!:)
E foi mt bom!
bj

Jefferson P. disse...

São diferentes formas de ser ....
As crianças estaram sempre lá.

Abrçs

Mina disse...

E quantas vezes não nos sabe maravilhosamente bem sentir assim? Ainda bem que te divertiste :)
Bjs!

Marta disse...

Jefferson P.,
Obrigada pela visita... volta sempre que queiras.
bj

Mina,
Sabe mesmo mt bem... já nem me lembrava de quanto :)
bj

Borboleta disse...

Martinha..tenho andado desaparecida mas não me tenho esquecido de ti...jinhos e uma boa semana ;)

Marta disse...

Borboleta,
Tudo de bom pra ti! Uma excelente semana. :)
bj

Xanusca disse...

és um lobo um pele de cordeiro!
Consoante as situações,
um dia safa-se o lobo.. noutro o cordeiro...
beijos

João Cordeiro disse...

BELO.
Que posso mais eu dizer se os meus olhos não falam!
Transmitem emoções, a essa beleza inconfundível
que as palavras me transmitem
Aqui estou eu para te dar o meu apoio e solidariedade
Soberbo... continua…
Meu blog:
http://www.sonhadoremfulltime.blogspot.com/

Esteril disse...

foi a pensar nesse teu momento que a SKIP, fez o anúncio, como é bom sujar-se :)))
Salta pocinhas, salta...
bjocas

Marta disse...

Xanusca,
;) Realmente um dia é da caça e o outro do caçador... assumo as 2 posições, gosto das 2, mas acho que prefiro ser predador a presa...
bj

João Cordeiro,
Bem vindo... a porta está sempre aberta! Obrigada.
bj

Esteril,
A fortuna que eu ganhei por causa desse anuncio... sabes lá ;)
bj