sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007

No limits

Conduzi sem destino, queria mostrar-te algo de especial, queria impressionar-te com um lugar fantástico, mas não havia nada na minha cabeça além de ti! Acabei por parar no meio do nada... não sei do que falávamos, apenas sei que riamos... não eram sorrisos, eram sonoras gargalhadas!
No meio da noite, embrenhámo-nos pelo mato, o vento frio cortava-nos a pele e mesmo assim apenas nos riamos... aquele riso tolo de quem não sabe o que faz... sabendo-o perfeitamente!
Lembras-te de quereres sentar-te a observar as estrelas? Lembras-te de como tentei infantilmente fugir à questão, por vergonha de confessar o meu medo pelo possível “ataque” de um bicho qualquer? Lembro-me de teres percebido na hora...
O teu olhar cravado em mim era quente... tão quente que esqueci o frio, mas não abdiquei das minhas mãos nos teus bolsos! Recordo a proximidade do teu corpo, aquele instante sublime em que nos olhámos de frente, sem receios, sem duvidas... com as mãos nos bolsos alheios e a lua sobre as nossas cabeças!

15 comentários:

bublicious disse...

Afinal... levar para onde? O lugar fantástico estava mm ali... entre os dois... no meio do nada!! Há alturas onde todos os lugares são fantásticos :)
bjnhs

Marta disse...

Pois é Bublicious... há alturas em que viajamos para os lugares mais fantásticos, apenas com a observação do olhar de alguém, ou com a ideia desse olhar...
Bom fds.
bj

Cátia disse...

Linda,

Fizeste-me voar... voar no espaço e no tempo. Quando comecei a ler o post fez-me lembrar algumas noites bem passadas com amigos, que o sono é tanto que apenas nos rimos... rimos que nem adolescentes...

Depois fizeste-me voar até outros lugares, outras noites.. junto a praia, junto ao campo, bem acompanhada, em que nada mais interessava, apenas nós!

Obrigada por me proporcionares este momento.

beijinhos

Borboleta disse...

;) Martinha..sim senhor..gostei imenso..jinhos

Marta disse...

Cátia,
Obrigada eu, por mais esta visita e mais este comentário...
Sim... um passeio bem acompanhada, onde nada mais existia além de nós...
bom fds.
bj

Borboleta,
Obrigada, és um amor!
bom fds.
bj

bono_poetry disse...

WELL...MARTA SEMPRE A SURPREENDER...APROVEITEI E LI ..O QUE TINHA EM ATRASO...
ADORO ESTA MARTA...
HE HE HE...PENSO QUE TEM UMA IRMA..
DIVERTIDA E QUASE LOUCA....TRA-LA ATE NOS..!!

wolfhunter disse...

Olá Marta,

Foram estes textos doces, quentes, que me fizeram encontrar-te...

Fiquei muito sensibilizado com as palavras que me deixaste...

Obrigado

Um Beijo

W.

PS: Não vou partir sem deixar uma morada...,

W.Wolfhunter@gmail.com

Marta disse...

Bono,
Esta Marta tb gosta de ti! :)
(psiu, chega aqui... vou dizer baixinho, não quero que me ouçam... correm por ai rumores de que ela é mm louca... pela vida, pelos amigos, por uma gargalhada... mas agora vê lá... n contes a ninguém!)
bj

Marta disse...

Wolfhunter,

Sensibilizada fiquei sempre eu a cada comentário teu por aqui, sensibilizada fiquei eu quando ontem vi o meu nome na tua despedida... muito mesmo... assim como fiquei hoje com este teu gesto! (e comovida)

Obrigada mais uma vez pelas tuas palavras!

Wolfhunter, foi um prazer!

Até breve...

Um beijinho, já com saudades.

Marta

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Bem... no meio do nada... sem nada a temer.. e com o céu como manto... que queres mais...
Oh.. deve ter sido uma bela noite..

1 beijo =^.^= tarina

Esteril disse...

Gostava de saber o final da história que estava a ser muito interessante... Idealizei o cenário no meio de uma plantação de milho, apenas com a luz do luar a iluminar timidamente os vossos caminhos.
bjs

Anónimo disse...

interessante post.
gostei e percebi a história ;)
bom fds dear.

Fontez disse...

e está de volta o Tiago.
;)
gostei do post.
bem feito.
bom fim-de-semana.
inte
bjs

Marta disse...

Esteril,
O fim da história... foi interessante... fica agora a cargo da imaginação de cada um...
(eu n gosto de contar detalhes... alguns pelo menos...)
Mas n era milho...
:) bom fds
bj

Fontez,
Obrigada, mas fico na duvida se percebeste... mas não é importante...
bom fds
bj

Marta disse...

Tarina,
Foi uma bela noite... sem nada a temer... muitíssimo bem acompanhada! :)
bom fds
bj