quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007

Pensamentos cruzados

Brilhante, esta condução deve ser apenas mais uma forma de me provocar, ele sabe que fico com os nervos à flor da pele com este tipo de ultrapassagens. Tenho sempre a sensação que as detesta tanto ou mais que eu e que as faz com o único propósito de me afrontar! Seria capaz de jurar que vai a fazer um esforço para abafar o riso...percebeu que me irritou. Parece ter prazer em magoar-me...

Será que ela percebe o meu nervoso? Hoje nada me sai bem, gosto tanto de conduzir... mas hoje, assim... queria tanto pedir-lhe desculpa, sei que ela não gosta... mas assim já são duas coisas (e ela deve conseguir pensar em mais alguma)... acelero porque quero travar, não digo nada porque quero dizer, com o som do motor tento abafar os pensamentos, com a adrenalina tento não pensar nela... estou a falhar, completamente, quem é que eu engano, e por isso começo a esboçar um sorriso... diz qualquer coisa...

Pois, o palerma está mesmo a rir! Tem um sorriso bonito... talvez fosse melhor dizer-lhe que sei o que quis dizer, acabávamos de vez com esta birra. Não! Não é melhor, que diabos, ele é que disse a asneira, ele que diga o que quiser, se não quiser não diga... vou calada, não canso a voz, nem ele me cansa os ouvidos...
Agora que olho bem para ele... está mesmo aflito, sabe que pôs a pata na argola... pois que sofra! Para a próxima pensa antes de abrir a boca... bem... talvez não pense... mas eu amo-o assim...

Será que ela reparou que já não vou depressa... acho que sim, existe finalmente uma paz qualquer nela, em nós... a forma como olha para fora da janela, é final de tarde e está uma luz fantástica, o seu enquadramento é fantástico, está tão bela... tenho de dizer algo, pedir-lhe desculpa, não aguento mais este sofrimento... mas só consigo balbuciar uns sons estranhos, não me saem palavras... mas, "Eu percebi!" ouço-a dizer... vejo-a sorrir... faço-lhe companhia...


Cdesag e Marta


Este texto foi escrito em conjunto com o Cdesag, aconteceu na sequência de uma "parceria" que fizemos no blog dele e na qual nos divertimos bastante (acho).
Cdesag, voltou a ser muito agradável. Até um dia destes?

14 comentários:

cdesag disse...

Por mim era já ontem... ;)

Fontez disse...

Porque vejo aqui um 2M?
Porque sou maluko em acreditar nesta formula?
cdesag? pq?

Fontez disse...

só para traduzir, 2M significa...nahh, n digo, o cdseag deve sabe, perguntem a ele!
ehehehehhe

GK disse...

Bela parceria..

Bj.

Marta disse...

Cdesag,
Combinado. :)

Fontez,
O q é 2M?

Gk,
Obg.
bj

Fontez disse...

Carissima Marta,

Sabes bem o que 2M...mas se realmente n sabes, pergunta ao cdesag!! Eu n posso dizer...!
inte

Borboleta disse...

:) :) muito engraçado..fico à espera de novos textos ;) jinhos

obs: dei por mim a ler com vozes diferentes...

Marta disse...

Borboleta,
A ideia era mostrar 2 pessoas diferentes... num daqueles amuos patetas...
bj

Su disse...

Muito original, parece mesmo real... continuem assim. um beijo

Marta disse...

Su,
Obg pela visita e pelas palavras.
bj

Mina disse...

Real, sem dúvida. Quantas vezes deixamos de dizer aquilo que sentimos, por receios idiotas?
Boa parceria :)
Bjs!

Marta disse...

Mina,
Demasiadas vezes...
Obrigada. :)
bj

Cris disse...

Adorei! O amuo podia ter acabado mais cedo se a comunicação não fosse abafada pela insegurança. Sei do que estou a falar. Já passei por isso.

Marta disse...

:) Isso mesmo Cris. Os nossos sistemas de defesa são o que muitas vezes mais nos atacam. Eu também sou insegura, por outro lado sou bastante arrogante.

Este texto foi dos primeiros em que escrevi apenas ficção. E curiosamente passado um ano e meio, já o vivi com o parceiro de escrita, que se revelou muito especial! ;)