sábado, 27 de janeiro de 2007

Tiago

Queria ter-lhe tocado... queria que os meus dedos tivessem tocado os seus... queria ter sentido o seu toque... não queria que me agarrasse, não, nem pensar, não gosto de gente que me agarre, gosto daqueles que me sabem tocar... agora que penso nisso, ele tocou-me! Tanto que não paro de pensar nele...
Porque será que algumas pessoas nos tocam com um simples olhar, com uma palavra e outras por mais que façam nunca chegam a nós?
Continuo a achar que é loucura... o Tiago (por aqui chamá-lo-ei assim) chegou a mim sem querer, sem saber, e eu não faço ideia se ele me “viu”...
Queria ter-lhe tocado... da mesma forma que ele me tocou... queria que sentisse a minha presença, o meu carinho...
Queria-o aqui... comigo! Talvez só hoje...

13 comentários:

Borboleta disse...

:) Pois quem sabe...mas eu sou optimista..e tenho a certeza que ele te viu...jinhos e bom fim de semana ;)

Fontez disse...

Porque não lhe pediste para te tocar, para estar ctg?
não tem ele telemovel? ;)
bjs

Marta disse...

Borboleta,
Eu não tenho... mas queria...
bj

Fontez,
Deve ter tlm, imagino q sim... mas como me tocaria ele por tlm??? Estás a sugerir q devo ligar-lhe, e o convide pra um café? Não me parece possível.
bj

cdesag disse...

"Porque será que algumas pessoas nos tocam com um simples olhar, com uma palavra e outras por mais que façam nunca chegam a nós" que tirada absolutamente fantástica... e o trocadilho também não lhe fica atrás.
Mas que é aquilo do "não me parece possivel"? Ontem a atitude estava melhor.
Vai contando novidades.

Marta disse...

cdesag,
:) trocadilho... hummm... Não concordas?
Ontem tinha uma atitude melhor?
Como sabes qual a minha atitude ontem??? Estou... curiosa... :)
Contarei novidades... se e qd as houver...

Borboleta disse...

Então a menina faz concorrência..muito bem ;) jinhos

cdesag disse...

Concordo plenamente, e gostei a forma como tocaste no assunto daquilo que nos toca, dando o toque de que às vezes somos tocados sem que de facto alguém nos toque (acho que gostei mais da forma como fizeste).
Quanto aquilo da atitude, afinal já ontem falavas em impossiveis. Eu não gosto de impossiveis e por isso talvez tenha lido ao contrário... às vezes acontece.

Esteril disse...

Menina Marta,
certamente que ele te viu, pode é não ter sentido a mesma química que tu. Mas não desesperes, na próxima vez, vais perceber se ele reparou ou não em ti, pela forma como falará contigo. Mas há pessoas que não reparando logo em nós com o tempo reparam, se houver nova oportunidade de interagirem, tenta manter um diálogo maior para que o possas conhecer um bocadinho e depois quiçá não surge um convite para um café, um jantar!
Deixa o teu instinto fluir, mas não desanimes, ele pode pensar o mesmo e ter as mesmas dúvidas que tu.
bjs

Fontez disse...

o não parece possível é porque tu o dizes, é pq tu não queres q seja possível.
O toque pode não ser físico.
Existem muitos tipo de "toques".
O telemóvel pode ser alvo de toques e pode induzir toques e sim pode servir para toques e tb de convites para toques...! E já pensaste em tocar no teu próprio "Eu"?...
Porque pensas e falas sempre para "fora" e não para "dentro"...?
bjs

Marta disse...

Esteril,
Pensando bem ele viu-me, mas não me quis olhar bem.
bj

Fontez,
Por haver mts toques é q ele me tocou, e tocou mais do que se me tivesse tocado realmente... o q não invalida q eu tenha vontade de sentir o seu toque, mas como disse outro dia, tenho mt tempo!
Não sou eu que quero que seja impossível!
Ah, se tivesse o nº dele tlv lhe ligasse :)
bj

Marta disse...

Borboleta,
Faço pouca concorrência minha querida... muito pouca :) Tenho apenas 2 "alunos". Que por sinal são fantásticos, e que me fazem rir MUITO!!!
beijinhos

Esteril disse...

como sabes q não te quis olhar bem?
perguntaste-lhe?
bjs

Marta disse...

Esteril,
Algumas coisas não têm que ser ditas... tlv me tenha visto, mas não como eu o vi... é, acho que foi isso!
bj